Eu sou a Luciane

Casada a 18 anos com o Fabricio, da nossa união tivemos 2 filhos especiais: Natan e Cauan.
Natan que se foi a 2 anos e 5 meses com 15 anos. Nasceu de parto normal com fórceps e ficou com Paralisia Cerebral. Quando nasceu teve que ser transferido para a UTI Neo do Monte Sinai de Juiz De Fora por 1 mês e 1 semana.
Dia 01 de Dezembro 2017 estaria completando 18 anos. Meu anjinho lindo!
Cauan hoje com 10 anos, nasceu de 32 semanas, pois estava com problemas no seu desenvolvimento. Nasceu aqui também em Três Rios e teve que ser transferido para UTI Neo do Hospital da Lagoa no Rio. Depois de 3 dias de nascido teve que fazer uma cirurgia de atrêsia de esôfago. Depois de 26 dias de UTI, teve alta para casa. Teve atraso motor e na fala. Não sabemos ainda que síndrome ele tem apesar de já ter passado por vários médicos.
Minha vida sempre foi e é dedicada a minha família e filhos. Muitas internações, pneumonias anuais, cirurgias, corridas para vários hospitais.
O Natan sempre foi o que mais dependeu de mim 24 hs do dia  por causa da Paralisia Cerebral.
Cauan acabou se tornando mais independente em algumas coisas, hoje continua com os seus tratamentos está numa escola normal e se desenvolvendo bem, tudo no tempo dele.
Falar de mim e não falar dos meus filhos não tem como…kkkk.
Deus me deu uma linda, abençoada e amada família.
Estamos aqui numa missão, para aprender a ser melhor a cada dia. Nada é por acaso. Cada um tem o seu tempo e Deus foi muito bom em ter deixado o Natan vivendo aqui nesses 15 anos de vida e de muito aprendizado.
Quem sou eu??…..Mulher, mãe guerreira, lutadora que tem muita fé em Deus que me faz seguir um dia de cada vez.
“Todas as vezes que me vi sem chão, Deus trouxe as nuvens para amaciar meus pés e a ternura dos anjos para curar meu coração.” Vitor Àvila.
Um abraço a todas!

2 Comentários

  1. Lúcia Helena Cheohen Guedes

    Uma das melhores qualidades do ser humano é quando se consegue ter a compreensão de sua história.
    Cada um tem a sua.
    Admiração por mulheres como você.
    Fortes, guerreiras e gratas à vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *