Por que a Fisioterapia Dermato Funcional é importante para um bom resultado de Cirurgias Plásticas?

A Fisioterapia Dermato Funcional, através de pesquisas, evoluiu muito nos últimos anos. E foi através de estudos científicos que comprovou-se a eficácia da Fisioterapia no Pré, Trans e  Pós Operatório de Cirurgias Plásticas.

Na fase do pré-operatório (antes da cirurgia) orientações, exercícios de fortalecimento, apresentação da drenagem linfática manual, redução de peso/medidas, reeducação postural e respiratória, são de grande importância para que o paciente tenha uma cirurgia de sucesso.

O trans-operatório é a fase em que o paciente, após a cirurgia, ainda está no hospital. Nessa etapa, o mais importante é ter cuidados com o retorno venoso do paciente (risco de trombose), amenizar as dores ( devido a permanência em determinada postura). Após as 24hrs, podemos iniciar trocas de posturas ( definido pelo cirurgião).

Após a chegada do paciente em casa, o Fisioterapeuta é o maior atuante nessa fase, devido ao fato de ser o único profissional capacitado em Reabilitação Funcional.  A Fisioterapia é importante no pós-operatório com objetivo de devolver ao paciente sua independência o mais rápido possível.

Tem como objetivo minimizar/eliminar através de técnicas manuais ou eletroterapia (aparelhos específicos) edema, equimoses, hematomas, fibroses, retrações e estenose; Prover condições adequadas de cicatrização; Amenizar a ansiedade e angústia do paciente.

Através das orientações, cinesiologia e terapias manuais, o paciente atinge com mais qualidade e eficácia suas atividades de vida diárias, retornando assim à sua rotina.

Na prática, pude observar que os pacientes que cumprem com tal tratamento recuperam com mais facilidade e retornam à sua vida normal com mais rapidez, tendo mais qualidade em sua cirurgia.

Atualmente, há estudos em que comprovam a eficácia da Fisioterapia Dermato Funcional nas fases Pré, Trans e Pós-Operatório. Onde relatam que, além da Drenagem Linfática Manual, técnicas de cinesiologia e outros tipos de Terapias Manuais fazem com que não ocorram grandes complicações pós-cirúrgicas como retrações, fibroses, estenoses (fechamento de cavidades como por exemplo umbigo), deiscências (cicatrizes largas), evolução da necrose do tecido, má formação de cicatrizes, entre outras…

Dra. Roberta Jorge do Nascimento CREFITO 2 28399-F

Fisioterapeuta Dermato Funcional / Acupunturista

Whatsapp: 24 98832 0108

1 Comentário

  1. Luciana vs

    Amo, querida.
    Vc é ótima.
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *