Certamente a pergunta mais difícil de responder! Hoje com 28 anos e  três filhos, ainda não sei responder essa perguntar com muita clareza. Talvez aos 17 eu soubesse quem eu era, ou pensava. Eu sabia a classificação que as pessoas ao redor me davam (poucos sorrisos, personalidade forte e decidida). Foi...
  Sou filha, irmã, sobrinha, tia , mulher, mãe, tia avó, esposa, namorada, amante, professora, estudante, profissional Sou dona de casa e executiva . Adulto, adolescente, criança, amiga, parceira, alegre Sou a que chora e que ri. Choro de alegria...
Casada a 18 anos com o Fabricio, da nossa união tivemos 2 filhos especiais: Natan e Cauan. Natan que se foi a 2 anos e 5 meses com 15 anos. Nasceu de parto normal com fórceps e ficou com Paralisia Cerebral. Quando nasceu teve que ser transferido para...
As vezes não conseguimos olhar nos olhos, as vezes não queremos contato físico, só estar perto, só presença... As vezes a comida é nojenta, andar descalço é doloroso, mas calçar sapatos também...Então andamos na ponta dos pés! Os barulhos perturbam o pensamento...Quando alguém diz, tá dito. Nem...
  Que difícil tarefa... falar de mim! Recebi esse convite com muita felicidade, mas só depois percebi o desafio em que eu havia me metido! RS Sou Daniela, muito prazer! Sou a Dani, menina, mulher, psicóloga, esposa, mãe... acho que são esses...
      As vezes me pergunto quando foi que virei mulher? Busco em minha memória lembranças da minha doce infância  e me encanto com a doçura das travessuras e brincadeiras inocentes, a leveza dos pensamentos e a enorme capacidade de sonhar e acreditar. A vida adulta me atraia pela...
     Quando resolvi fazer o blog, eu queria contar histórias de Mulheres Especiais. Cada uma com sua simplicidade e seu empoderamento, histórias reais. Convidei algumas mulheres para escrever no lançamento do blog e, a princípio, elas escreveriam sobre elas mesmo e eu finalizaria. Conforme fui recebendo os textos, percebi a riqueza e...
      Olá! Embora pareça clichê o que vou escrever a seguir, falar sobre nós mesmos nunca é tarefa fácil. Porém, vamos ao desafio... Sou Gabriela, tenho 29 anos, sou professora e amo o que faço! Mas, antes de chegar à vida profissional, vou falar um pouquinho da minha...